Adote velocidade e segurança para sua estratégia de nuvem

As organizações adotaram a nuvem como um meio de expandir o valor de seus negócios, acrescentando velocidade e escala ao processo, algo que foi acelerado durante a pandemia COVID-19. O que está faltando em muitas organizações, no entanto, é entender a necessidade de velocidade e segurança juntas.

Conforme as empresas solidificam suas estratégias de segurança na nuvem, elas precisam garantir que estão considerando onde estão agora, incluindo itens essenciais como governança necessária e métricas a seguir.

Velocidade vs. segurança?

O foco no que define o valor das equipes técnicas mudou constantemente ao longo dos anos, de um foco em infraestrutura para um direcionado no desenvolvimento de software e, agora, uma concentração na entrega de produtos digitais. Cópias impressas de um relatório de conformidade, por exemplo, agora estão sendo transferidas digitalmente.

Enquanto isso, a nuvem permite que as empresas dimensionem suas infraestruturas e plataformas rapidamente. Ele ajudou a padronizar os conjuntos de ferramentas do desenvolvedor e comoditizar a infraestrutura e as plataformas de desenvolvimento. O desafio que permanece, no entanto, é que muitas pessoas estão focadas apenas na velocidade. E isso é um grande problema.

Já vimos isso antes – com serviços gerenciados, por exemplo, em que as pessoas avançavam sem considerar o impacto na segurança. Mas agora, com violações de dados de alto perfil, prejudiciais e caras, regularmente fazendo manchetes, a segurança é um problema de nível de diretoria que não pode ser ignorado ou colocado em segundo plano.

Os departamentos de TI e operações devem fornecer um nível de garantia de que a adoção da nuvem também será segura. Isso inclui ter um plano operacional claro.

Construindo uma estratégia de segurança na nuvem

Para empresas que estão migrando para a nuvem ou que estão na nuvem procurando se expandir, algumas etapas importantes são necessárias para garantir que a segurança seja uma parte essencial do processo.

Onde sua empresa está atualmente?

A primeira etapa no desenvolvimento de uma estratégia de segurança em nuvem é entender o estado atual da organização e como será seu estado futuro na nuvem.

Isso leva ao desenvolvimento de um modelo de governança estratégica, que ajuda a definir as competências necessárias. Os exemplos incluem recursos de automação de ferramentas, compreensão de conformidade, risco e a capacidade de integrar a nuvem às plataformas.

As organizações também precisam fazer um inventário de suas ferramentas e conjuntos de habilidades atuais porque precisarão implementar programas de treinamento, gerenciamento de mudanças, migrações e outras etapas. Eles precisam pensar sobre integrações de sistema específicas em um ambiente de nuvem híbrida.

Uma organização deve pensar metodicamente em todas essas etapas.

Uma estrutura de governança

Depois que uma organização mapeia o que fazer, ela precisa definir as respectivas funções do CIO, diretor de risco, desenvolvedores, engenheiros de segurança e outros que trabalharão para habilitar a segurança na nuvem.

Essas funções alimentam uma estrutura de segurança que estabelece como todas essas equipes se conectam em seus processos do dia-a-dia – por exemplo, como a recomendação de um modelador de ameaças se torna uma obrigação para um designer de sistemas – com os objetivos compartilhados de velocidade, segurança e conformidade regulamentar.

Métricas

Finalmente, uma empresa precisa implementar métricas focadas em medir duas coisas: quais processos estão fazendo o trabalho rapidamente – velocidade de entrada no mercado – e quão bem a segurança está funcionando.

Isso envolve a convergência do que costumavam ser dois grupos amplamente independentes: as equipes de entrega de implantação de tecnologia e as equipes de conformidade de segurança de risco.

As empresas, pelo menos atualmente, estão pensando nisso, e algumas já estão pensando nisso. Mas a maioria ainda precisa colocá-lo em prática.

É um processo completo e atualmente não existem padrões para ajudar a orientar ou definir exemplos para as organizações. Mas essas etapas são necessárias para proteger os dados e sistemas que são a força vital das empresas hoje.

Uma empresa que pode executar bem isso vai sobreviver à tempestade.

Sobre a Conversys

A Conversys IT Solutions é uma provedora de serviços e soluções de Tecnologia da Informação e Comunicação com atuação em todo o Brasil.

Com uma equipe técnica e comercial altamente qualificada e uma rede de parceiros que incluem os principais fabricantes globais de tecnologia, a Conversys IT Solutions está apta a entregar aos clientes soluções customizadas de Infraestrutura de TI e Telecom.

Investimos em nossos colaboradores e parceiros e primamos por uma relação duradoura com os nossos clientes, pois acreditamos que desta forma conquistamos competências e conhecimentos necessários para inovar e gerar valor aos negócios em que atuamos.